Acessibilidade

A + A A -
Segunda-feira, 08 17:33 Educação

Prefeitura promove formação sobre juventude e suicídio

Encontro debateu influência das tecnologias na formação dos jovens

Palestra Unisinos Foto: Charles Dias Palestra Unisinos

O Rio Grande do Sul apresenta a maior taxa de suicídio entre os estados brasileiros. Com essa preocupação, a Prefeitura de São Leopoldo promoveu na segunda-feira (8) uma palestra de formação sobre o jogo Baleia Azul e a série 13 Reasons Why para discutir a questão da juventude e o suicídio. O encontro, no auditório Central da Unisinos, foi realizado em parceria entre as secretarias de Saúde (Semsad) e de Educação (Smed).

Na abertura da mesa, o secretário de Educação Oneide Bobsin lembrou que o tema do suícidio aparece na literatura nas obras de Tolstoi, no século 19, e citou o romance Anna Karenina, publicado em 1877, onde a protagonista morre na linha férrea. "O trem simboliza a sociedade rígida da época, o surgimento do capitalismo. Hoje vivemos na chamada sociedade líquida, sem vínculos afetivos. Porém com muitas expectativas e deveres nem sempre correspondidos", ressalta.

Bobsin falou da importância do trabalho conjunto entre Smed e Saúde. "Nos conectamos em torno desse tema. É um momento de capacitação das duas redes para entender o mundo do jovem, que por conta da tecnologia se tornou muito diferente do mundo em que os adultos de hoje viveram antes".

De acordo com a diretora de Gestão da Educação Básica, Quênia Strassburg, a palestra foi voltada para professores, pais, estudantes e equipes diretivas da rede municipal de ensino. “Por ser uma discussão levantada pelas redes sociais e mídia, é o momento ideal para abordar o tema e formar uma comunidade de apoio aos adolescentes nessa fase da vida que é complicada”, explica. A atividade também contou com a participação de profissionais do Centro de Atenção Psicossocial e Programa de Assistência Social.

A palestra final foi ministrada pela médica pediatra Alethea Sperb, voluntária do Centro de Valoriação da Vida, que desde 1962 se dedica à prevenção do suicídio. O atendimento oferece apoio emocional para todas as idades de forma sigilosa e gratuita pelo telefone 188, durante as 24 horas do dia.

 

Foto: Charles Dias | Jornalista Romeu Finato - MTB 12042 | Decom/PMSL]
 

Editorias
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
Av. Dom João Becker, 754. Centro. CEP: 93010-010. Fone: (51) 2200-0201
Horário de atendimento: 10h às 16h